Últimas histórias

  • Natal aplicou mais de 1.200 vacinas em pontos itinerantes montados pela Prefeitura no São João

    A Prefeitura do Natal imunizou 1.244 pessoas nos pontos itinerantes montados durante o período junino em Mirassol, na Feirinha da Árvore; e em Lagoa Nova, no São João de Natal. Essa estratégia visa ampliar ainda mais a cobertura vacinal na cidade, uma vez que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal) leva equipes de vacinadores, além dos pontos extras, em eventos que acontecem na capital. Todos os locais atendem com oferta de imunizantes contra a Covid-19, Influenza e Sarampo.
     
    De 17 a 21 de junho, a Feirinha da Árvore de Mirassol – edição São João, aplicou 619 doses de vacinas na população. Deste total, 13 foram de Sarampo (Tríplice Viral), 291 de Influenza e 315 contra a Covid-19. Já no São João de Natal, na Arena das Dunas, de 22 a 26 de junho, o total foi de 625 aplicações. Deste quantitativo, 330 imunizantes foram aplicados contra a Influenza e 295 contra a Covid-19.
     
    O município aplica atualmente as vacinas contra a Covid-19 para qualquer pessoa a partir dos cinco anos. A segunda dose é aplicada no tempo recomendado de acordo com o fabricante. Para o primeiro reforço (D3) é necessário aguardar quatro meses da aplicação da segunda dose. A segunda dose de reforço (D4) é disponibilizada para qualquer pessoa a partir dos 40 anos, profissionais da saúde ou imunossuprimidos a partir dos 12 anos, sempre com o mesmo intervalo de quatro meses da aplicação anterior.
     
    A vacina contra o sarampo é disponibilizada para crianças dos seis meses a menores de cinco anos; já a Influenza está disponível para qualquer pessoa a partir dos seis meses de idade. Para mais informações basta verificar a plataforma Vacina Natal: vacina.natal.rn.gov.br.

  • Pecados

    Catal, a capital do estado, chamada carinhosamente de “A Noiva do Sal”, hoje vive em clima de medo, tamanha a violência dos últimos meses. As pessoas estão evitando as saídas durante à noite, e se saem, é por uma urgência urgentíssima. Com ruas e avenidas desertas nas primeiras horas das noites, bares, restaurantes e shoppings, por medida de segurança —  amplamente divulgado na impressa local —, resolveram encurtar o horário de funcionamento. Os políticos da taba acham isso um grande exagero. “Não é pra tanto”, “Absurdo o que estamos vivendo”, “A noite catalense não pode continuar parada. Comerciantes estão à míngua”, discorrem nossos deputados na tribuna da Assembleia Legislativa. Os parlamentares não poupam o governo do professor Átila Mezêra, exigem providências rápidas. Em contrapartida, os auxiliares da área de segurança de Átila orientam há meses como os cidadãos e cidadãs devem agir à abordagem da bandidagem: “Não reaja”. Um grande tutorial.

    &&&

    — Padre Almir, eu pequei.

    — Pode falar, meu filho. Conte seus pecados.

    Jessé começou do ponto em que tudo desandou em sua vida. Na penumbra do confessionário, não notou o vigário arregalando os olhos com o que acabara de ouvir, do dia mais triste e trágico da sua vida até o momento.

    — Eu sei o porquê de tanta ira, reconheço meus pecados e…

    — Crimes, Jessé. Você é um criminoso, Jessé?! — o pároco Almir interrompe Jessé. Estarrecido com as revelações que acabara de ouvir.

    — Não pude deixar de lado o que aconteceu. Não podia. Não posso. Vou até o fim — desabafa Jessé.

    — Você não pode, amigo. Não pode e não deve. Pare com isso enquanto há escapatória. O que faço agora? O que farei agora? —Almir continua atônito com a confissão.

    O fiel e amigo fala de como tudo tem acontecido. Detalha como arrancou os dedos, furou os olhos e matou Élcio Silva, um dos participantes do crime contra Amanda. Da fuga da Vila Muriçoca com uma canoa pelo rio Pogenti. Da fábrica de gelo e a morte do vigia Aluízio Zambeta.

    — Sua penitência é parar, e se não acabar com isso, nem sei o que será de você, o que poderá sofrer pelos seus atos… Desastroso, Jessé, não tem cabimento. Você se transformou em um assassino. Assassinos não merecem perdão. Não há penitência por tamanho absurdo — encerra o padre Almir.

    &&&

    — Padre Almir, eu pequei!, diz Amanda.

    — Conte-me o seu pecado, minha filha.

    — Fiquei com raiva do meu marido. Aliás, estou com ódio dele.

    — Por que, minha filha?

    — Ele me esconde coisas, omite assuntos os quais mereço ciência.

    — Como o quê, Amanda? Jessé sempre se mostrou tão leal…

    — Deixando de lado sua amizade com ele, o senhor acha que algo que vale 20 milhões pode mudar as pessoas?

    — Amanda, os que seguem as palavras de Cristo não trilham os caminhos da cobiça, de desprezo com a verdade. Em Isaías 64:6, diz que “todos nós nos tornamos impuros, todas as nossas boas ações são como trapos sujos. Somos como folhas secas; e os nossos pecados, como uma ventania, nos carregam para longe”. Não estou dizendo que seja isso neste caso.

    Padre Almir franze a testa, faz uma cara de quem acaba de vacilar — sentiu que dera combustível à desconfiança de Amanda.

    — Continue, minha filha!

    — Como ele não dividiu comigo isso, padre? E veja o senhor que eu faço parte disso tudo, desde o nascimento desse projeto.

    Ela discorre sobre o empreendimento que Jessé está executando paralelo ao que desenvolve na comunidade. A concepção desse projeto, supostamente negociado por um valor considerável com uma multinacional, foi do casal. Por isso a decepção da esposa. Por isso mesmo foi falar com o padre Almir. Acha que isso está, inclusive, atrapalhando sua vida conjugal. Aliás, foi o padre Almir que substituiu Jessé quando ele resolveu largar a batina. A amizade deles é antiga. Isso a deixa mais segura.

    — Seu marido não estaria querendo fazer-lhe uma surpresa, minha filha?

    — Confesso que eu não sei, padre. Uma surpresa que vai render 20 milhões, padre?

    — Então você acha que ele poderia realmente enganar você?

    — O pior é que eu não acho nada, padre! — finaliza Amanda, enquanto levanta-se. Em silêncio, retira levemente com as pontas dos dedos a cortina que cobre uma treliça, na tentativa de ver o rosto do padre Almir — “queria ver a reação dele” — pensa. Entretanto, a penumbra não permite.  

    — Por que você não conversa com ele sobre esse assunto? — encerra o pároco, fazendo um sinal da cruz, recomendando um pai-nosso e três ave-marias à fiel.

    &&&

    — Será possível que a gente não tem um dia de sossego nessa delegacia? — o investigador André Antunes grita enquanto esmurra a mesa. — Não bastasse a onda de violência que se abateu sobre a cidade, agora isso?

    Entre papéis espalhados pelo soco na mesa, pega a foto de José Cirino, diácono que ajudava o padre Almir nas missas dominicais, na matriz de Nossa Senhora da Penha, localizada no Centro. Acabara de ser assassinado em um suposto latrocínio. No mural, fixado na parede à sua frente, há várias fotos, marcações e escritos criando uma linha com diversas direções. Constam fotos de dois acólitos ligados ao aos padres Almir e ao bispo Gilberto Benício, que foram assassinados recentemente.  

    — Que inferno! — reclama André enquanto prende a foto de José Cirino no quadro que já se transformou em uma galeria de imagens.

  • Prefeitura vai recuperar asfalto em corredores de ônibus de Natal

    A Prefeitura do Natal, por meio da STTU, fará o recapeamento asfáltico de seis vias por onde passa o transporte público municipal. O investimento total é de R$ 5,8 milhões, oriundos do Ministério do Desenvolvimento Regional com contrapartida da Prefeitura. 

    A licitação será executada em dois lotes, o primeiro lote será licitado no próximo dia 04 de julho, no qual serão contempladas as ruas Caparaó / Barbacena (entre a Av. Ayrton Senna e a Av. das Alagoas); Delmiro Gouveia / Arapiraca (entre a Av. Ayrton Senna e Av. das Alagoas), na Zona Sul da cidade. No primeiro lote, o investimento será de aproximadamente R$ 2 milhões. 

    Para o segundo lote, serão contempladas as ruas Presidente Leão Veloso (Alecrim) e rua Monte Calvo (Cidade Nova) , o investimento do segundo lote será de aproximadamente R$ 3,6 milhões. A secretaria ressalta ainda que também serão executados os serviços de calçadas com acessibilidade e sinalização, promovendo melhor conforto para os motoristas e pedestres. 

    De acordo com a titular da STTU Daliana Bandeira “este é mais um investimento que a gestão do prefeito Álvaro Dias vem promovendo na mobilidade urbana da cidade”, visando melhorias nesta área.

    Foto: Joana Lima. 

  • Projeto Conexão Elefante Cultural abre inscrições para imersão artística

    Conexão Elefante Cultural está com inscrições abertas para a imersão online Arte e Cidadania, voltada para artistas e educadores que trabalham com arte. A ação acontece de 10 a 17 de julho e faz parte das atividades previstas na 7ª edição do projeto, que irá fomentar o cenário artístico de 8 municípios do Rio Grande do Norte.

    Os inscritos terão a possibilidade de participar de oficinas nas áreas de arte-comunidade, cena e direção, construção musical, reuso de material e audiovisual. Estão previstas também oficinas sobre elaboração de projetos, arte como ferramenta de transformação social e educação integral e positiva.

    A formação ficará a cargo de profissionais reconhecidos em suas respectivas áreas: Diana Fontes (cena), Danilo Guanais (música), Jhoão Junnior (arte-comunidade), André Rosa (audiovisual), Leonardo Prata (customização plástica) e Joana Fontes (educação positiva).

    Nessa primeira etapa do projeto, todas as oficinas acontecerão remotamente. As inscrições são gratuitas e tem uma quantidade de vagas limitadas. Para participar basta estar inscrito e ter acesso à internet, computador com câmera ou um aparelho celular tipo smartphone.

    A imersão é aberta a todos os interessados, no entanto, moradores de Alexandria, Currais Novos, Campo Redondo, Elói de Souza, Grossos, Lajes Pintada, Riacho da Cruz e Paraú serão priorizados. Essas cidades receberão ações presenciais do Conexão ao longo dos próximos meses e os artistas que participarem da imersão terão uma pontuação extra em um edital que será lançado em julho, para fomento a projetos culturais.

    O Conexão Elefante Cultural tem patrocínio master da NEOENERGIA COSERN, Instituto Neoenergia e patrocínio da Interjato Soluções através da Lei Câmara Cascudo e Governo do Estado. A realização é de Diana Fontes Direção e Produção Cultural.

    SERVIÇO
    IMERSÃO ARTE E CIDADANIA
    10 a 17 de julho, online
    Inscrições gratuitas até 07 de julho em linktr.ee/conexaoelefantecultural
    Vagas limitadas

    PROGRAMAÇÃO

    OFICINA GERAL E OBRIGATÓRIA
    10 de julho de 2022 (domingo)
    09h Apresentação
    10h Elaboração de projetos Culturais com alto impacto para a comunidade com Diana Fontes

    OFICINAS ESPECÍFICAS
    11 de julho de 2022 (segunda)
    18h Arte Comunidade com Jhoão Júnnior

    12 de julho de 2022 (terça)
    18h Construção Musical com Danilo Guanais

    13 de julho de 2022 (quarta)
    18h Cena e direção com Diana Fontes

    14 de julho de 2022 (quinta)
    18h Audiovisual com André Rosa

    15 de julho de 2022 (sexta)
    18h Reuso para a Cena com Leonardo Prata

    OFICINA BÔNUS
    16 de julho de 2022 (sábado)
    9h Arte como ferramenta de transformação social com Joana Patino e Thaíse Galvão

    OFICINAS GERAIS E OBRIGATÓRIAS
    16 de julho de 2022 (sábado)
    14j Educação Integral e Positiva com Joana Patino

    17 de julho de 2022 (domingo)
    09h Encerramento

  • São João de Natal volta com sucesso de público e consolida apoio a artistas locais

    Para marcar as celebrações do São João, a maior festa popular do Nordeste, depois de dois anos sem ser realizada em virtude da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Natal trouxe de volta uma programação diversificada que privilegiou os artistas locais. O evento chegou ao fim nesse domingo (26) em grande estilo e com muita tranquilidade, sem nenhum registro de transtornos e levando à área externa da Arena das Dunas uma multidão que acompanhou os shows da cantora Deusa do Forró, da dupla Hugo e Heitor e da banda Circuito Musical. Além disso, as quadrilhas juninas campeãs do festival fizeram suas últimas apresentações.

    “O São João de Natal promovido pela Prefeitura foi um grande sucesso. Sentíamos que a população estava com saudades e precisava voltar a festejar essa manifestação tão genuína do povo nordestino. Decidimos apostar na valorização do artista local, aliás, isso é algo que fazemos desde o início da nossa gestão, mas nesta edição do São João privilegiamos completamente a classe artística da cidade, que sofreu tanto ao longo desse período pandêmico. Foi uma decisão acertada. O natalense celebrou de forma efusiva, participou da abertura que fizemos na Cidade Alta, depois também compareceu aos eventos ocorridos na Árvore de Mirassol e foi em peso para o polo da Arena das Dunas. Disponibilizamos uma estrutura de alto nível, segura e observamos a aprovação do público com a numerosa presença de natalenses e turistas. Estamos muito felizes com o resultado”, destacou o prefeito Álvaro Dias, ao acompanhar de perto o último dia da festa.

    Outro aspecto importante derivado do retorno da realização do São João foi o aquecimento da economia local, gerando oportunidade de emprego, renda e oportunidades em diversos segmentos. A prova disso foi o sucesso do Festival Gastronômico Junino “Comidas de rua e típicas”, que também fez parte da programação na Arena das Dunas. Foram mais de 20 opções à disposição do público, entre restaurantes, bares, lanchonetes e estabelecimentos dos mais diversos tipos.

    Os representantes dos restaurantes registraram sua satisfação com o evento, segundo o coordenador do festival, Wald Faraj. “Nosso festival teve um ótimo retorno, com o público lotando o evento e nossos parceiros vendendo muito bem. Na sexta, sábado e domingo, dias de maior movimento, tivemos estabelecimentos que trabalharam com porções extras ou até mesmo encerraram suas operações antes dos términos dos shows, porque não tinham mais produtos, em virtude da alta demanda e do volume comercializado. Isso é muito importante nesse momento de retomada da economia. Nosso segmento também sofreu muito nesse período difícil e agora estamos começando a respirar. Iniciativas como a Prefeitura ao realizar o São João de Natal contribuem bastante para que a gente retome o caminho do crescimento”, relata Faraj.

    O prefeito Álvaro Dias reitera a política da gestão municipal em manter os investimentos em cultura. “Os números comprovam que a cada R$ 1,00 investido pelo poder público em arte e cultura, outros R$ 13,00 retornam aos cofres públicos. A porta de saída dessa crise passa muito pelo apoio e incentivo aos grandes eventos e pela valorização da produção artística local. Por isto, vamos continuar apoiando, valorizando e fomentando o setor. A cultura é uma área estratégica para nós e uma prioridade da nossa gestão”, antecipa.

    Incentivo financeiro

    Outra característica importante da edição 2022 do São João de Natal foi o aporte financeiro voltado ao segmento junino, num investimento total da Prefeitura de R$ 517 mil para atender arraiás de rua e quadrilhas juninas, por meio de dois editais públicos. Foram apoiados grupos tradicionais de Natal e da Grande Natal. Os arraiás de rua nos bairros também tiveram seu espaço e foram contemplados. Os selecionados receberam R$ 5 mil de apoio financeiro para poder realizar os festejos em cada comunidade.

    “Natal possui essa tradição muito forte de arraiás de rua. Cada bairro realiza o seu evento, integrando a população e também gerando oportunidade dos pequenos negócios das comunidades. Essa característica estava um pouco adormecida na nossa cidade, mas, mostrando muita sensibilidade e atendendo ao apelo da população, a gestão do prefeito Álvaro Dias voltou a apoiar fortemente esse segmento. Ao longo de todo o mês de junho e chegando até julho, teremos um calendário repleto de arráias”, informa o secretário municipal de Cultura, Dácio Galvão.

    Festival de Quadrilhas Juninas distribui maior premiação de sua história

    O Festival de Quadrilhas foi um show à parte na programação do São João de Natal. Lotado durante todos os dias de apresentação, o pavilhão de apresentações pulsou de alegria, emoção e disposição a cada quadrilha junina que entrava no local. Cada quadrilha, com seu estilo e suas especificidades levantou o público presente em um show de muito talento, brilho e magia.

    As grandes campeãs do 31º Festival de Quadrilhas Juninas de Natal foram definidas. Eram dois grupos em disputa: o Grupo RN e o Grupo Grande Natal. No Grupo RN, na categoria estilizada, a quadrilha Brejo de Ouro (Brejinho/RN) ficou com o título. Entre as tradicionais, a campeã foi a Junina Sertão. Já no Grupo da Grande Natal, na categoria estilizada, a Balão Dourado foi a grande vencedora. A edição deste ano distribuiu a maior premiação da história.

    “Gostaria de parabenizar todos os componentes das quadrilhas juninas que se apresentaram ao longo do nosso festival. Reforço o compromisso de seguir apoiando o segmento junino. Este ano já garantimos o maior apoio ofertado ao festival de quadrilhas juninas na história da cidade. Precisamos valorizar e fomentar essa genuína manifestação cultural do Nordeste”, reafirma o prefeito Álvaro Dias.

  • Natal Digital amplia serviços e conecta o cidadão com a Secretaria de Infraestrutura

    A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) está dando prosseguimento às melhorias no app Natal Digital com vista à maior interação com os cidadãos e suas demandas no campo da infraestrutura pública. De acordo com o secretário Carlson Gomes, titular da Seinfra, as equipes estão trabalhando no planejamento das ações de manutenção, conservação e melhorias das ruas e avenidas da cidade.

    “Nessa direção, a Prefeitura investe em tecnologia para tornar eficiente o controle das suas demandas, desde o recebimento até a execução. Com isso, toda a logística da operação tapa buracos, por exemplo, é feita de modo responsável, abrangente e com efeito prático na ponta final: com trabalho rápido em ruas, avenidas e lagoas de captação”, enfatizou Carlson Gomes.

    O app Natal Digital ultrapassou, nos últimos meses, o contato via telefone nas interações entre a Prefeitura e a comunidade. “Aqui na Seinfra a resposta é muito positiva. As mensagens vindas dos bairros são completas. Com fotos, vídeos e todas as informações necessárias para o nosso trabalho fluir com maior rapidez. Com isso, agilizamos nossas equipes e conseguimos dar uma pronta resposta aos cidadãos”, explicou o secretário adjunto de Conservação da Seinfra, Diogo Alexandre.

    Quem ainda não tem o aplicativo Natal Digital pode baixá-lo na loja virtual do seu smartphone (AppStore ou Playstore) e se conectar à cidade.

  • Prefeitura do Natal abre inscrições para 175 vagas em cursos de qualificação profissional

    A qualificação profissional é um diferencial importante na hora de buscar uma nova oportunidade de trabalho, por isso, a Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social – Semtas, abre 175 vagas em cursos de qualificação profissional, em 11 segmentos diferentes. Estes cursos são gratuitos e vão acontecer em formato presencial. 
     
    As inscrições serão realizadas na próxima semana, na segunda-feira (27) e terça-feira (28).
    Para a titular da Semtas, Ana Valda Galvão, o momento é propício para investir em uma carreira. “Quanto mais conhecimento e prática, maiores são as chances de se posicionar e ser capaz de conseguir um lugar no mercado de trabalho. Por isso, nosso objetivo é continuar gerando melhores oportunidades de emprego e renda”, afirmou.
     
    A oferta de cursos é parte da política municipal do trabalho, executada no Departamento de Desenvolvimento e Qualificação Profissional (DDQP) da Semtas. Entre os cursos ofertados estão os cursos de  libras, inglês, artesanato em E.V.A, rotinas administrativas, escovas e penteados, estética corporal, estética facial, design de sobrancelhas, crochê no grampo, recepcionista e repositor de mercadoria. 
     
    Os cursos terão início no dia 11 de julho e as inscrições devem ser feitas nos Centros Municipais de Trabalho e Empreendedorismo (CMTE) do Alecrim e da Zona Norte (dependendo do local que seu curso será ofertado), das 8h30 às 16h30. Os candidatos devem levar xerox e originais do RG e do CPF, PIS, NIS, carteira de trabalho, comprovante de residência e de escolaridade.
     
    As aulas acontecem no Centro Municipal de Trabalho e Empreendedorismo (CMTE), equipamento da Prefeitura do Natal voltado para a formação profissional e geração de emprego de oportunidades de emprego e renda. A oferta de cursos muda a cada semestre, de acordo com as demandas do setor produtivo. Os alunos matriculados recebem o material didático e ao final do curso, um certificado de conclusão.
     
     
    Inscrições
     
    Para se inscrever o candidato deve ter no mínimo 15 anos e ensino fundamental I ou II incompletos. As inscrições serão feitas presencialmente no Centro Municipal de Trabalho e Empreendedorismo do Alecrim, localizado na Av. Pres. Bandeira, 765 – Alecrim e no Centro Municipal de Trabalho e Empreendedorismo da Zona Norte, localizado na rua Bariri, s/nº, Gramoré, entre os dias 27 e 28 de junho, das 8h30 às 16h30. Os interessados deverão apresentar a seguinte documentação: xerox e originais do RG, CPF, PIS, NIS, carteira de trabalho, comprovante de residência, comprovante de escolaridade.

  • Agenda cultural da Prefeitura de Natal tem destaque para festejos juninos 

    Shows musicais, festival de quadrilhas, apresentações para a criançada, Festival Gastronômico e muito mais. A agenda cultural da Prefeitura do Natal, promovida através de projetos incentivados pela Lei Djalma Maranhão, editais de fomento e emendas parlamentares municipais, está variada, para todos os gostos, estilos e idades. Confira a programação que vai até domingo (26):

    SÃO JOÃO NA ARENA DAS DUNAS

    A área externa da Arena das Dunas respira São João até o domingo (26). Promovido pela Prefeitura do Natal, o São João “É Festa na Cidade Toda” reúne shows musicais de artistas potiguares, festival gastronômico e festival de quadrilhas.

    Nesta quinta-feira (23) tem Nailson (18h), Rodolfo Lopes (19h30) e Jaina Elne (21h30). Na sexta-feira (24), shows de Bira Santos (18h), Roberto do Acordeon (19h15), Yhran Barreto (20h30), Forró na Manha (22h15) e Grafith à meia-noite. No sábado (25) é a vez de Zé Hilton (18h), shows do Forraço (19h), Luizinho Nobre (22h) e Khrystal a meia-noite. E no domingo (26) sobem ao palco Deusa do Forró (18h), Hugo e Heitor (20h) e Circuito Musical às 21h30.

    Juntamente com os shows acontece a feirinha gastronômica com “Comidas de rua e típicas”. A feirinha contará com mais de 20 operações e opções como o Caldinho Gourmet, Cozinha da Nega, Pipoca Arretada, Mister Crepe, Pizza Massa, entre outras delícias.

    Também na Arena das Dunas, acontece o Festival de Quadrilhas Juninas, uma tradição de São João que supera os 30 anos de realização. Foram selecionadas e se apresentam as quadrilhas: Balão Dourado, Quadrilha Junina Rei do Baião, Quadrilha Arrocha o Milho; Quadrilha Tradicional Padre Piná, Associação Cultural Encanta São João, Arraiá Tradicional Brilho Matuto, Arraiá Zé Matuto, Junina Luar Alegre, Junina K Pra Nós, Quadrilha Junina Estrela Matutina, Associação Cultural e Social Arraial Coração Nordestino; Quadrilha Junina Flor do Sertão, Grupo Junino Vice e Versa e “As Bibas de Santos”.

    CANAL INFANTIL “BODE BÉ” EM CLIMA DE SÃO JOÃO

    O Bode Bé vem em clima de São João. O novo lançamento do canal infantil se chama “Meu Par” e vai ao ar nesta sexta-feira, 24 de junho. O projeto “Bode Bé” foi viabilizado graças ao Programa Djalma Maranhão de Incentivo à Cultura, da Prefeitura do Natal e pode ser assistindo no canal: https://www.youtube.com/c/BodeBé/ e através do Instagram @bodebeoficial Idealizado pelos irmãos Rafael Barbosa e Juliana Linhares, com a produção musical de Beto Lemos e ilustração de Miguel Carvalho, o “Bode Bé” é um canal de vídeos animados que busca trazer a estética regional da cultura nordestina para musicalização infantil das crianças, especialmente na primeira infância.  

    SOM DA MATA COM BANDA DE SÃO GONÇALO

    O projeto Som da Mata recebe neste domingo (26) a Banda Municipal de São Gonçalo do Amarante. Com repertório voltado aos festejos de São João, a Banda vai do forró ao xote e baião, numa viagem rítmica com músicas de Luiz Gonzaga, Magníficos, Flávio José, Jorge de Altinho, Mastruz com Leite e muito mais. O Som da Mata tem incentivo da Prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão e é totalmente gratuito. O acesso ao Parque das Dunas custa apenas R$ 1.00. Início do show às 16h30.

    BOSQUE ENCENA COM FUNFEST

    O projeto Bosque Encena deste domingo (26) entra em clima de São João e recebe o show da FunFest, capitaneado pelos cantores Ney Freitas e Chimene Nunes, além dos bailarinos Eduarda Nascimento, Henrique Rutson, Maxs Souza, Naej Aguiar e Ricardo Lourenço. Trata-se de um show alegre, vibrante, que faz um passeio lúdico pelo universo das festas de São João. Um repertório especial recheado de clássicos juninos e infantis, para ser cantado e dançado por toda família. O Bosque Encena tem incentivo da Prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão e é totalmente gratuito. O acesso ao Parque das Dunas custa apenas R$ 1.00. Início do show 10h.

    SÃO JOÃO NOS MERCADOS

    A programação cultural deste fim de semana também acontece através de emendas parlamentares municipais. Neste sábado (25), acontece o  “São João nos Mercados”, com Rocas Alyne Souza, Thabata e Artur, no Mercado Público das Rocas. A programação começa às 13h e o acesso é gratuito. O projeto terá também edições nos sábados de julho (dias 2 e 9), sempre em mercados públicos da cidade. 

  • São João de Natal começa hoje na Arena das Dunas com várias atrações

    A área externa da Arena das Dunas respira São João a partir desta quarta-feira (22). Promovido pela Prefeitura do Natal, o São João “É Festa na Cidade Toda” vai reunir shows musicais de artistas potiguares, festival gastronômico, concurso de marchinhas e festival de quadrilhas até o próximo domingo (26).

    A programação musical começa às 18h30 desta quarta-feira (22), com shows de Leão Neto (Banda das Marchinhas), 19h com Leo na Manha, 19h20 sobem ao palco os 12 finalistas do concurso Mais Elino, 21h Rodolfo Amaral e 22h Padre Caio Sanfoneiro.

    Na quinta-feira (23) tem Nailson (18h), Rodolfo Lopes (19h30) e Jaina Elne (21h30). Na sexta-feira (24) shows de Bira Santos (18h), Roberto do Acordeon (19h15), Yhran Barreto (20h30), Forró na Manha (22h15) e Grafith à meia noite.

     No sábado (25) é a vez de Zé Hilton (18h), shows do Forraço (19h), Luizinho Nobre (22h) e Khrystal a meia noite. E no domingo (26) sobem ao palco Deusa do Forró (18h), Hugo e Heitor (20h) e Circuito Musical às 21h30.

    Juntamente com os shows acontece a feirinha gastronômica com “Comidas de rua e típicas”. A feirinha contará com mais de 20 operações e opções como o Caldinho Gourmet, Cozinha da Nega, Pipoca Arretada, Mister Crepe, Pizza Massa, entre outras delícias. Todos os dias, a partir das 18h, shows de artistas potiguares dos mais variados estilos sobem ao palco montado na área externa da Arena das Dunas.

    FESTIVAL FAZ MAIS ELINO

    Hoje (22) começa o Festival Faz Mais Elino, que abre a programação reunindo em sua edição de 2022, shows, premiações e a  4ª edição do Concurso de Marchinhas Juninas, um combo junino em um Arraiá que homenageia o potiguar Elino Julião.

    Abertura da programação tem como protagonistas 17 compositores e 12 intérpretes potiguares que vão representar as finalistas do Concurso de Marchinha Juninas Faz Mais Elino. O Festival Faz Mais Elino vai reunir participações musicais e shows de Leão Neto, Léo Forró NaManha, Ivando Monte, Rodolfo Amaral e Padre Caio Sanfoneiro.

    No 4º Concurso de Marchinhas Juninas se apresentam: Beija Flor de Mandacaru (Du7, Chico Sete e Rauzito), Festa de São João (de Francisco Lima e Cláudio Saraiva); Festa Todo Dia (Ney César Freitas); Junto com Você (Yrahn Barreto), Preces de Esperança (Luiz Antônio e Jubileu Filho); Sanfoninha Choradeira (Alexandre Moreira); São João do Centro Histórico (Jamilly Mendonça); São João do Meu Nordeste (Selminha Ferrari); São João Voltou (Beto Cunha); Sobe Balão (Selminha Ferrari e Henrique Compositor); Sou Quadrilheiro (Fernanda Azevedo e Jaciel Duarte) e Viva o Nosso São João (Gilson Cavalcante da Silva).

    O Concurso de Marchinhas Faz Mais Elino foi criado em 2018 e homenageia o compositor, intérprete e forrozeiro potiguar Elino Julião, que em 13 de novembro deste 2022 completaria 86 anos.  As marchinhas classificadas pela curadoria, coordenada pelo músico Mirabô Dantas, vão concorrer a R$ 3,5 mil em premiações, aos troféus “Faz Mais Elino” e serão apresentadas ao lado da Banda das Marchinhas Juninas.

    FESTIVAL DE QUADRILHAS

    Também na Arena das Dunas, acontece o Festival de Quadrilhas Juninas, uma tradição de São João que supera os 30 anos de realização. A Prefeitura do Natal lançou seleções públicas num investimento total de R$ 517 mil (quinhentos e dezessete mil reais)  para atender arraiás de rua e quadrilhas juninas. O edital apoia financeiramente Quadrilhas Juninas de Natal e região metropolitana em diversas categorias para participar do XXXI Festival de Quadrilhas Juninas.

    Foram selecionadas e se apresentam a partir desta quarta-feira (22) as quadrilhas: Balão Dourado, Quadrilha Junina Rei do Baião, Quadrilha Arrocha o Milho; Quadrilha Tradicional Padre Piná, Associação Cultural Encanta São João, Arraiá Tradicional Brilho Matuto, Arraiá Zé Matuto, Junina Luar Alegre, Junina K Pra Nós, Quadrilha Junina Estrela Matutina, Associação Cultural e Social Arraial Coração Nordestino; Quadrilha Junina Flor do Sertão, Grupo Junino Vice e Versa e “As Bibas de Santos”.

    SHOWS SÃO JOÃO DE NATAL – ARENA DAS DUNAS

    QUARTA-FEIRA – 22

    18H30 – Leão Neto (Banda das Marchinhas)

    19h – Prêmio Elino Julião (Participação Leo Na Manha)

    19H20 – Ivando Monte (Banda das Marchinhas)

    19h50 – Banda das Marchinhas + 12 Intérpretes do Concurso

    21h – Rodolfo Amaral

    22h – Padre Caio Sanfoneiro

    QUINTA-FEIRA – 23

    18h- Nailson

    19h30 – Rodolfo Lopes

    21h30- Jaina Elne

    SEXTA-FEIRA – 24

    18h- Bira Santos

    19h15- Roberto do Acordeon

    20h30 – Yhran Barreto

    22h15 – Forró Na Manha

    00h – Grafith

    SÁBADO – 25

    18h- Zé Hilton

    19h- Forraço

    22h – Luizinho Nobre

    00h- Khrystal

    DOMINGO- 26

    18h- Deusa do Forró

    20h – Hugo e Heitor

    21h30 – Circuito Musical

  • Artista visual Civone Medeiros precisa de apoio financeiro após cirurgia

    Poeta, artista plástica e conhecida agitadora cultural da cidade há mais de três décadas, Civone Medeiros distribui há anos uma marca poética com mensagens positivas que abordam amor, gratidão e liberdade, por meio de produtos artísticos saídos do seu Laboratório de Vivências Poéticas, atualmente chamado de Art Lab Cim. Agora, é ela quem precisa de retribuição, pois está impossibilitada de trabalhar após uma cirurgia recente de apendicite, e o agravamento da infecção.

    A artista necessita de um aporte financeiro para ajudar nos gastos pós-hospitalares e em sua recuperação. Amigos e parceiros estão ajudando de diferentes formas. Através de doação por meio de PIX ou vendendo trabalhos autorais, caso da poeta e professora Rousi Flor de Caeté, que está doando a renda com a venda do livro “Jogos de Espelhos” diretamente para Civone. Quem quiser adquirir a obra ou fazer uma doação direta, pode repassar para o PIX ateliercimbrasil@gmail.com 

    No livro de Rousi que está à venda, a autora aborda em ensaios a poesia de Civone Medeiros fazendo um diálogo com a obra “Escrituras Sagradas”, de Civone, e questiona a literatura excludente, já que trata-se de  “uma poeta que atua fora da tradição literária”. 

    Em contato com o Típico Local, a filha de Civone, Bianca Medeiros, disse que a mãe está em processo de recuperação da cirurgia, entretanto, esse processo ainda inspira cuidados por que desde fevereiro se instalou uma infecção na região intestinal que agravou a apendicite.”No momento ela está cirurgiada, com os pontos e se medicando contra a inflamação. Ela é uma pessoa muito dinâmica e vivaz e por ordens médicas só vai poder voltar às atividades em agosto”, explicou.

    Bianca comentou que essa impossibilidade de trabalhar tem sido “um baque muito forte também na energia dela”. De fato, Civone é conhecida como uma artista intensa e ativa. Há também o suporte a outro familiar que necessita de cuidados. “Eu e meu tio trabalhamos fora e geralmente ela que se encarregava da maior parte dos cuidados da minha vó, que já está  na fila de uma cirurgia importante e necessita de cuidados diários”.

    Segundo Bianca, quanto ao tratamento hospitalar o caminho foi duro, mas felizmente foram atendidas de forma acolhedora. “O atendimento na upa de Cidade Satélite foi maravilhoso e acolhedor, mas tivemos que esperar quase 17h pra uma ambulância e já no hospital Walfredo Gurgel também fomos bem tratados, nessas horas é importante lembrar que apesar de todos os percalços o SUS vive e nos ampara”.

    Ela também aproveita para agradecer a rede de apoio dos amigos e comunidade artística, rede afetiva que tem se mostrado presente. “Esperamos devolver todo esse carinho e cuidado assim que possível. Estamos pensando em lançar uma campanha do ‘apoia-se’ para manutenção do Atelier, já que a maior parte da produção é feita apenas por ela. Pensamos em devolver com os produtos que ainda tempos aqui os apoios e quem sabe no futuro apoiar outros projetos que fazem parte da trajetória da minha mãe e do Atelier. Ainda está sendo desenvolvida, não podemos passar muitas horas trabalhando nisso. A prioridade é descanso e cura”, explicou.

    Fonte: Típico Local