Sobre ,

Em Cartaz: I love you, man

Peter Faria (Fábio Love) conhece pessoalmente Eros Musk, um deus, “O Cara” dos seus sonhos. Ao organizar uma cerimônia de apresentação de algo que até agora ninguém sabe a finalidade, ele percebe que não tem qualquer afinidade com “O Cara”, já que este não fica satisfeito com tamanha bajulação encontrada por essas bandas onde a gasolina já passa dos R$ 8 reais. Decidido a resolver o problema, ele passa a mão no nariz, atiçando a mucosa pituitária, na tentativa de chamar a atenção. Sem sucesso. Então, não teve outro jeito senão disparar um: “I love you” maroto, daqueles que faz a vergonha alheia se assanhar.

O final ninguém ainda sabe. Porém, Fábio Love colocou em novo patamar o nível bajulatório empregado pelos brasileiros.

Triste. Triste. Fim.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carregando...

0

SAMBA & JAZZ

ESCLARECENDO